Profecias | Cronologia | Bíblia | Eis o Homem | Contato



Revelação para a última geração da Terra, a nossa.

Este texto está sendo atualizado continuamente, dia após dia, e será completado, somente, com a Volta de Jesus.

Apocalipse 1.1 Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e, enviando-as pelo seu anjo, as notificou a seu servo João.

Revelação, Jesus não mandou João escrever uma charada, um enigma, mas uma revelação.

Profecia é uma carta do presente para o futuro, com um destinatário definido.

Para quem seria destinada esta carta de João que traz uma revelação de Jesus Cristo?
A carta não é destinada para o passado, pois o passado não é profecia e sim história.
Ela pode citar o passado mas, é destinada para o futuro.
O profeta que escreve, quase nunca é o destinatário, e nem sempre o que escreve é o mesmo que recebe a revelação, pois a profecia geralmente vai além do tempo do escritor.

Resposta: a carta de João é destinada para a última geração viva sobre a Terra, aquela geração em que alguns irão para o céu sem passar pela primeira morte.

Mateus 24.34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram.

A geração dos discípulos passou, logo, estava falando para a geração dos que veriam os sinais da volta.
Aqueles que começassem a ver os sinais também veriam a Sua Volta.

Pouca gente vive mais do que 100 anos, logo, quando os sinais começarem, até a volta de Jesus, não passará mais do que 100 anos.

Ainda diz apocalipse 1.1: "as coisas que brevemente devem acontecer", de quão brevemente estamos falando, quanto tempo seria "brevemente"? Um ano, uma década, um século?

Até poucos anos atrás não era revelação para ninguém, Apocalipse era um livro de enigmas, e ainda o é para muitos, porque ainda não entenderam a revelação presente.

Mas quando chegar o tempo em que o Apocalipse for revelado aos seus servos, as coisas vão acontecer de modo breve.
Eu acredito que este tempo já chegou.

A revelação é progressiva, todas as gerações anteriores interpretaram o Apocalipse com os acontecimentos da história que eles tinham até então, colocando as 7 igrejas, os 7 selos e as 7 trombetas como três enfoques de um mesmo período histórico, em paralelo.

A profecia fala de eventos futuros usando os verbos no passado e no presente, mas os tempos destes verbos farão sentido no tempo da sua revelação, pois o tempo presente dos verbos é o tempo da revelação.

Os Selos não são períodos históricos, mas representam as etapas do Juízo dos vivos.

O que é que os sete selos representam de tamanha importância que só podem ser abertos pelo Leão da tribo de Judá, por Jesus Cristo, o único do universo digno de abrir os selos, pois o livro estava dextra do Pai, mas nem o Pai podia abrir os selos senão o Filho?
O que fez João chorar muito, apenas um livro de história?
Não, certamente não representam sete períodos da história, mas sim, as etapas do julgamento dos vivos, este sim, que só pode ser executado pelo Leão da tribo de Judá, Aquele que morreu e venceu para abrir o livro e romper os sete selos.

Acredito que Deus deu uma nova revelação do Apocalipse, nestas últimas décadas, e para mim com as lições da escola sabatina de 1989.
Nesta interpretação, as 7 igrejas, os 7 selos, as 7 trombetas e as 7 pragas são eventos consecutivos, uns após os outros, e dizem respeito a Jesus como sacerdote e como juiz no santuário celestial, não mais como uma simples narração da história, mas falando de um tempo presente e futuro.

Aquele livro pesado do Apocalipse se tornou leve e passou a ser aquela revelação de Jesus que foi prometida no primeiro parágrafo do livro.
Agora o livro que foi fechado e selado, pela ordem do anjo em Daniel 12, está sendo aberto no Apocalipse, no tempo do fim, como o anjo havia profetizado para Daniel.

E nós pertencemos hoje à sétima igreja, Laodicéia, muito próximos da abertura do primeiro selo, que é o início do juízo dos vivos.

Eu tenho 64 anos (hoje, junho de 2021), e penso que tinha uns 14 anos quando comecei a estudar as profecias bíblicas, logo, podemos dizer que estudo as profecias há cerca de 50 anos.

Bem, quando ainda jovem eu lia Apocalipse 13.17 que diz: Para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

Então pensava comigo: Não tem como impedir que alguém compre e venda, a probabilidade desta profecia se cumprir é 0%. Mas, na década de 80, eu já era casado, morava no IAP, quando comprei o primeiro computador que chegou ao Brasil, o CP200, começara o mundo informatizado.

Logo apareceu o cartão de crédito, e pela primeira vez eu vi uma possibilidade de que esta profecia se cumprisse, o Governo daria o cartão para os aliados e os rebeldes não poderiam comprar e nem vender, pensava eu naqueles dias.

E hoje, próximos do 5G, a probabilidade é de 100%, e ninguém duvida disso, pois os governos já têm o controle das pessoas em todo o mundo.

Um fato histórico, um avanço da tecnologia aconteceu e mudou o meu entendimento da profecia.

Meu objetivo aqui é mostrar em todas as profecias, que vivemos na última geração viva da humanidade, e tratar da verdade presente, o ministério de Jesus no santuário celestial e o juízo dos vivos em apocalipse 4.1 até 8.6.

DINÂMICA DO JUÍZO

Laodicéia é formada por justos e ímpios.
Os ímpios sairão de Laodicéia e integrarão a Grande Babilônia (sacudidura), e os justos, os que guardam os mandamentos de Deus e tem a fé em Jesus, formarão a Igreja Pura.
Este é o pequeno tempo de angústia, sob a ação do Espírito Santo.
Inicia-se o Juízo. Decreto Dominical

PRIMEIRO SELO
Olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vencendo, e para vencer. Apocalipse 6.2.

Começa pela Igreja Pura que é o Cavalo Branco, cujo cavaleiro é Jesus. Neste cavalo não há ímpios porque todos são vencedores.
Imaginemos três possibilidades, para três tipos de seres humanos:
- o justo que permacerá vivo.
- o justo que morrerá como martir.
- o ímpio.
Os justos, quando receberem a sentença de SALVOS, não poderão mais se perder, estarão pleno do Espírito Santo (chuva serôdia), estarão selados.
Os justos mártires, após a sentença de SALVOS, não se perderão mais, estão selados, porém, não com o selo especial do Deus Vivo, porque quem receber este selo não mais morrerá, e eles vão morrer.
Os salvos estão plenos do Espírito Santo e sairão para pregar o Evangelho a todo o Mundo, as três mensagens angélicas e Sai dela povo Meu, aos que estão nos cavalos Vermelho, Preto e Amarelo.

SEGUNDO SELO
E saiu outro cavalo, um cavalo vermelho; e ao que estava montado nele foi dado que tirasse a paz da terra, de modo que os homens se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada. Apocalipse 6.4.

Segue-se o Juízo do Cavalo Vermelho, cujo cavaleiro é a Besta da Terra, os EUA, com grande poder bélico (grande espada), matará a muitos.
Os ímpios, após a sentença de PERDIDOS, não poderão mais se salvar, logo, a porta da graça se fechou em particular para eles, sem a presença do Espírito Santo estão unicamente sob influência de Satanás, e suas maldades serão como de demônios.
Desta forma se inicia a TRBULAÇÃO COMO NUNCA HOUVE.
Aquela da Idade Média era limitada pela misericórdia do Espírito Santo, mas, por causa desta maldade absoluta, esta grande tribulação é como nunca houve nem jamais haverá, mais curta que a tribulação da Idade Média, porém, muito mais terrível.
Os declarados Salvos do Cavalo Vermelho poderão ser transformados em Mártires.

TERCEIRO SELO
E olhei, e eis um cavalo preto; e o que estava montado nele tinha uma balança na mão. Apocalipse 6.5.

Segue-se o Juízo do Cavalo Preto, cujo cavaleiro é a Besta do Mar, o Papado.
Muitos se unem aos Salvos da Grande Multidão que se não podia contar.
Muitos se juntam aos exércitos dos Perdidos sob a influência apenas de Satanás.
O número dos Mártires ainda não se completou.

QUARTO SELO
E eis um cavalo amarelo, e o que estava montado nele chamava-se Morte; e o inferno seguia com ele; e foi-lhe dada autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar com a espada, e com a fome, e com a peste, e com as feras da terra. Apocalipse 6.8.

Seu cavaleiro é a Besta do Abismo. Será a maior matança até aqui, de um quarto da Terra, então o número dos Mártires se completa.

QUINTO SELO
Não há mais cavalos. Não há mais ninguém vivo para ser julgado.
Os Mártires agora já podem receber a sentença de Salvos.
Antes de terminar o julgamento haverá mártires e muitos morrerão, porque Deus permite a morte terrena de um para dar a vida eterna a muitos, mas, ao final do julgamento, não haverá mais razão para que um justo seja morto, pois não ajudará na salvação de mais ninguém.

SEXTO SELO
Grandes sinais na natureza, na terra, no mar, no sol, na lua e nas estrelas, anunciam o fim do Juízo e o Fechamento da Porta da Graça.

SELAMENTO
Após os sinais do sexto selo, um anjo subiu do lado do sol nascente, tendo o selo do Deus Vivo; e clamou com grande voz aos quatro anjos, a quem fora dado que danificassem a terra e o mar, dizendo: Não danifiques a terra, nem o mar, nem as árvores, até que selemos na sua fronte os servos do nosso Deus. Apocalipse 7.2-3.
O anjo só trouxe o selo do Deus Vivo após o sexto selo, logo, este selo não fora aplicado até então, e seria aplicado neste momento para garantir a vida dos salvos, pois não haveria mais mártires.
Os 144 mil e a grande multidão, que ninguém podia contar, passaram pela Grande Tribulação, viram os sinais profetizados por Jesus em Mateus 24 e verão vivos a Volta de Jesus, mas não o sabem, por isso sofrerão a angústia de Jacó.

SÉTIMO SELO
Terminado o Juízo Celestial, no céu, ocorre o FECHAMENTO DA PORTA DA GRAÇA, e na Terra, segue-se a destruição feita pelas TROMBETAS e pelas PRAGAS, terminando com a SEGUNDA VOLTA DE JESUS.


Os Selos são o Juízo dos Vivos 200404

Verdades Presentes 170903

Revelação para os Nossos Dias 160208

Revelação Progressiva 150226

Cronologia


Profecias com Dupla Aplicação
160820

Semana da Criação
171115

Ciencia da Serpente
200325

o Homem Imortal?
200904

GC33 - E o Homem Imortal


TOPO DA PAGINA


Busca em Apocalipse ou Daniel